• #VoltandoAosCachos: Samantha Vitorio

  • Produtos de maquiagem para usar no dia a dia + colocar na necessaire!

  • Ideias de looks confortáveis e estilosos pra quando você tiver sem ideia!

  • abril 24, 2019 // Comente

    Quem está na escola/faculdade ou trabalha, sabe que uma das coisas mais importantes é saber organizar seu tempo e seus afazeres para conseguir concluir todas as tarefas bem. Conhecer dicas de organização para aplicar no dia a dia é essencial para não perder prazos, trabalhos, provas e entregas.

    Além disso, preparar o ambiente da melhor maneira possível ainda te ajuda a concentrar melhor. Por isso, trouxe 11 dicas úteis de organização para a escola, faculdade ou trabalho para vocês começarem a testar! Espero que gostem e se inspirem! E depois me contem aqui qual delas deu mais certo para vocês. 🙂

    1. Organizar seu espaço

    A primeira dica é uma das mais importantes: organize seu espaço de estudo ou trabalho. Evite coisas que possam te distrair, como celular, e invista nas coisas que te inspiram, como livros, frases, quadrinhos, coisas que vão te motivar e não te desconcentrar.

    2. Deixar matérias à vista

    Outra dica é deixar uma tabelinha com os dias e as matérias bem à sua vista, seja na porta do armário que você guarda o material escolar ou no seu guarda-roupa, porque, assim, você sempre vai saber quais cadernos e livros que irá precisar levar no dia.

    3. Fixar o horário da escola/faculdade no celular

    Além de colocar os horários da sua escola ou faculdade na porta do armário, é legal colocar também no celular. Um bom aplicativo pra fazer isso é o Google Keep, eu uso bastante e indico demais pra quem precisa se organizar também.

    4. Separar anotações por cores

    Essa dica é bem boa porque já mostra de maneira bem evidente o que quer dizer cada uma das anotações. Faça uma legenda com quais cores correspondem a quais tarefas (vale separar o que é importante, o que é para revisar, o que já foi concluído…) no início do caderno e, assim, você logo vai associar as anotações às cores.

    5. Usar post-its

    Esses post-its são bons não só para chamar a nossa atenção no caderno, mas também guardar informações que são temporárias. Por exemplo: datas de provas que podem mudar, entregas de trabalhos, compromissos, horários de outros afazeres, etc.

    6. Anotar datas de entregas de trabalhos em uma agenda virtual

    Uma boa dica é anotar as datas de entregas de trabalho em uma agenda virtual, mas para um dia antes! Porque, caso você esqueça, ainda tem um dia para conseguir fazer o trabalho e entregar na data direitinho!

    7. Usar uma luz amarela à noite

    Quando você for estudar de noite, a dica é usar uma luz amarela, caso você esteja usando uma luminária. A indicação da luz amarela é porque essa temperatura é mais confortável para a vista e não atrapalha nem interfere na qualidade do nosso sono depois.

    8. Alongar de tempos em tempos

    Essa dica é bem importante: pare um pouquinho enquanto estiver estudando para fazer um alongamento e não ficar parada tanto tempo. Isso vai te ajudar na postura, evitar que você sinta dores nas costas, principalmente naqueles dias que você estiver estudando durante muitas horas para alguma prova.

    9. Ter uma bolsinha de emergência na mochila

    Coloque numa bolsinha coisas essenciais que, vez ou outra, acabamos precisando, como: remédio de dor de cabeça, lixa de unha, grampos de cabelo, álcool em gel, lencinhos umedecidos, elásticos de cabelo… essas coisas!

    10. Marcar os livros lidos e não-lidos

    Você pode usar post-its para identificar os livros lidos e os não-lidos na sua estante, separando por cores. Assim, vai ficar mais fácil de perceber quais você já leu e quais você ainda precisa ler.

    11. Usar a técnica pomodoro

    Você já ouviu falar nessa técnica? Ela consiste em se concentrar seus afazeres colocando 5 minutos de intervalo entre períodos de 25 minutos. Ou seja, você vai se concentrar por 25 minutos e descansar por 5 minutos. E isso pode durar o tempo que você precisar estudar, uma, duas ou três horas. Basta colocar alerta no seu celular!

    Vocês já usam algumas dessas dicas de organização no seu dia a dia? Querem compartilhar outras? Comentem aqui embaixo!

    abril 10, 2019 // Comente

    O frizz é aquela coisa que todas as crespas, cacheadas e onduladas têm medo e querem controlar. Ele se trata dos fios que ficam “arrepiados”, que não se alinham com os cachos, e muitos chamam de “rebeldes”. Só que o frizz é uma característica natural dos nossos cabelos, então ele não deveria ser encarado como um problema, porque ele não tira a beleza do nosso cabelo.

    Mas existem algumas coisas que fazemos que acabam provocando mais frizz do que o normal, como o clima, o secador e a falta de alguns cuidados. Por isso, trouxe 10 dicas e espero que elas ajudem vocês nisso!

    Dica 1: Aceitação.

    Como disse, o frizz é uma característica normal do nosso cabelo e não o deixa menos bonito. Quando passei pela transição capilar também tive o processo de aceitar meu cabelo como ele é, e sei como pode ser difícil tudo isso. Mas a gente precisa entender que, diferente de um cabelo liso, o cabelo cacheado, crespo e ondulado vai ter frizz, vai ter volume, e isso faz do nosso cabelo único.

    Dica 2: Cuidar e tratar do cabelo

    Não adianta usar alguns truques e só se dedicar na finalização. Ajuda bastante, mas quando tem frizz em excesso é porque o cabelo está muito poroso, ressecado, então ele realmente está precisando de cuidados. Nesses momentos, é bom fazer um cronograma capilar, usar máscaras de tratamento, fazer receitinhas caseiras…

    Dica 3: Lavar o cabelo na água fria

    Não tem como, água quente não faz bem para o cabelo, atrapalha e provoca mais frizz no cabelo. Tenta fazer um esforcinho e lavar o seu cabelo no tanque ou em alguma ducha para evitar de lavar no banho com água quente.

    Dica 4: Não secar o cabelo com toalha

    O atrito do cabelo com as toalhas de banho acaba proporcionando ainda mais frizz, especialmente se você torce o cabelo nela e vai esperando secar. A dica é usar uma camiseta de algodão ou um papel toalha que já ajuda muito!

    Dica 5: Creme consistente ou óleo

    A 5ª dica é para você tentar uma finalização com um creme mais consistente ou com um óleo que você percebe que dá a sensação de desmaiar os fios. Acaba que os cremes mais levinhos deixam o nosso cabelo com mais frizz, então vale tentar usar produtos mais consistentes!

    Dica 6: Faça uma finalização mais estruturada

    Esse tipo de finalização dá uma atenção maior pra cada mechinha do cabelo, com uma fitagem ou dedoliss. E vai te ajudar não só a ter menos frizz como também render mais day afters!

    Dica 7: Secar naturalmente

    Eu sei que é super difícil, porque às vezes na correria do dia a dia parece não dar tempo, mas é uma dica super valiosa, porque o secador dá, sim, bastante frizz no cabelo. Além disso, deixar secar naturalmente agride menos o cabelo e ajuda no tratamento também!

    Dica 8: Touca ou fronha de cetim

    Essa dica é bastante conhecida porque é mesmo muito eficaz pra evitar o frizz no nosso cabelo na hora de dormir. Uma fronha de algodão comum acaba roubando um pouco da umidade dos nossos fios, gerando mais atrito e mais ressecamento do cabelo. Se você não quiser usar fronha de cetim, pode experimentar a touca que também dá certo!

    Dica 9: Aplicar óleo vegetal na hora de dormir

    É diferente de umectação noturna: você vai pegar só um pouquinho de óleo, espalhar na mão e aplicar no cabelo. É como se fosse um óleo para dar brilho, mas depois de acordar, você vai ver a diferença que vai dar! Ele vai estar muito mais macio e brilhoso e pode ajudar também no frizz.

    Dica 10: Desencane!

    Não se preocupe tanto com o frizz. Cuida do seu cabelo, segue as dicas, mas não faça disso um problema! Lembre-se que é só uma característica do nosso cabelo e que faz parte de toda a beleza dele. Você ainda pode usar o frizz ao seu favor para dar um up no cabelo!

    abril 3, 2019 // Comente

    Eu sei que vocês amam quando falo sobre crescimento capilar! Sempre me pedem pra contar técnicas para o cabelo crescer mais rápido. Nesse post, conto pra vocês quais são os 10 erros mais comuns que atrapalham total todo o processo. E melhor: dicas para saberem como potencializar o crescimento do seu cabelo! Acho importante dizer que não sou médica ou especialista no assunto, tudo o que vou dizer aqui são coisas básicas que vão te ajudar com o seu cabelo, mas se for um caso mais complicado, recomendo procurar algum profissional, dermatologista, enfim! Vamos lá? 🙂

    1. Ficar preocupada demais!

    Isso não necessariamente afeta, mas ficar medindo o tempo todo vai dar mesmo a impressão de que o nosso cabelo não cresce. Na minha transição, eu não ficava me preocupando tanto com o crescimento dele e, quando assustei, ele cresceu! Então, relaxem, não fiquem só pensando nisso. Cuidem do cabelinho de vocês que o crescimento vai ser consequência.

    2. Sedentarismo

    Sim! Ficar parada atrapalha realmente o crescimento do cabelo, porque quando fazemos exercícios físicos o coração bombeia o sangue mais rápido. Assim, os aminoácidos, as vitaminas e os nutrientes chegam mais facilmente ao seu cabelo, o que faz toda a diferença!

    3. Beber pouca água

    A água hidrata o corpo e ajuda a alimentar os folículos pilosos que é onde nasce o cabelo. Parece meio confuso, mas realmente faz diferença. Bebam mais água não só para o cabelo crescer, mas também para o seu corpo, que precisa bastante!

    4. Raiz oleosa

    A oleosidade em excesso no couro cabeludo cria tipo uma barreira que vai entupir os folículos, atrapalhando o crescimento do seu cabelo. Então a dica é usar um xampu detox de tempos em tempos, conforme você for percebendo a necessidade. Maaaaaas cuidado com o efeito rebote! Se você usar muito xampu detox o seu corpo pode entender que está faltando oleosidade no cabelo, o que vai levá-lo a produzir ainda mais óleo. Vai com calma!

    5. Não enxaguar direito o cabelo

    Enxaguar bastante depois de aplicar o xampu, a máscara, o condicionador… Sempre enxágue muito bem o seu cabelo para não entupir os folículos e para não atrapalhar o crescimento.

    6. Não massagear o couro cabeludo em movimentos circulares

    Às vezes a gente só massageia o couro cabeludo enquanto está enxaguando o cabelo, ou em qualquer momento de qualquer jeito, mas o movimento circular faz toda a diferença. Ele ativa a circulação sanguínea no couro cabeludo, auxiliando ainda mais no crescimento, então, fica a dica! Dá para fazer até mesmo antes de dormir!

    7. Não tratar bem do seu cabelo

    Se a gente quer um cabelo comprido, precisa cuidar de tudo, da raiz até às pontas, reconstruindo, nutrindo, hidratando… Para ele crescer forte e saudável sem precisar cortar o tempo todo.

    8. Dormir com o cabelo molhado

    É, a gente sabe que você faz isso! Mas não durma de cabelo molhado, viu? Lave o cabelo antes, mais cedo, ou seque com o secador, aplicando um protetor térmico antes. Porque, se você dorme com o cabelo molhado, os fios úmidos ali acabam perdendo a elasticidade, vão quebrando, ficando fracos e aí não crescem.

    9. Não se alimentar bem

    Às vezes a gente só está comendo besteira, não se alimentando de nada que faz bem para o nosso corpo, e quer que o cabelo cresça! Aí compramos um monte de xampus e cremes de tratamento… É claro que eles ajudam, mas só se você estiver cuidando primeiro de você mesma. O cabelo cresce de dentro pra fora, então, foca na alimentação saudável!

    10. Prender muito o cabelo ou desembaraçar com muita força

    Essas duas coisas deixam o cabelo mais fraco, mais quebradiço, ele vai cair mais… Então tenham muito cuidado na hora de desembaraçar. Eu sei que às vezes pode ser difícil, mas tentem aplicar um creminho antes para ajudar nisso. 😉

    Espero que vocês tenham gostado! Me contem aqui nos comentários quais técnicas vocês usam que ajudam no crescimento capilar para mais meninas conhecerem também. <3

    ©2018 - Apenas Ana - Todos os direitos reservados // Design por Sara Silva