• #VoltandoAosCachos: Samantha Vitorio

  • Produtos de maquiagem para usar no dia a dia + colocar na necessaire!

  • Ideias de looks confortáveis e estilosos pra quando você tiver sem ideia!

  • agosto 9, 2019 // Comente

    Oi genteee! Trouxe hoje pra vocês a história da Elcilene da Silva Veronezi, que tem 29 anos e mora em Mirandópolis, São Paulo. Ela enviou por e-mail um pouco da sua experiência com a transição capilar e se você quiser mandar seu depoimento pra mim também, é só acessar essa página e ver como fazer. Quero muito conhecer a sua história!

    Eu comecei a alisar meu cabelo mais ou menos em 2005 e daí em diante alisava frequentemente. Foi em 2015 que alisei pela última vez, eu parei de alisar por falta de recursos por ser muito caro pra mandar alisar e depois pra manter o cabelo alisado.

    Daí começou a ficar com duas texturas meu cabelo e eu fui deixando crescer, eu passei pela transição, fiz o big shop tudo sem saber que estava passando pela transição capilar, só depois de começar a assistir videos no youtube que eu fui saber que todo esse processo pelo qual passei se chamava transição capilar (rsrs).

    Eu fiquei em transição por mais ou menos 1 ano e 5 meses, cortei 2 vezes meu cabelo antes do big shop. Depois que fiz o big shop foi ótimo, me senti muito mais confiante e comecei a usar meu cabelo solto porque durante a transição só usava ele preso.

    Daí em diante foi só ter paciência e deixar ele crescer, e hoje em dia penso que foi a melhor decisão da vida, foi da uma oportunidade pro meu cabelo ser do jeito que ele é, sou muito mais feliz, muito mais confiante, mais segura.

    agosto 9, 2019 // Comente

    Oi genteee! Gravei pra vocês uma rotina completa de cuidados com o cabelo em casa para quando vocês sentirem que os fios estão desesperados por um tratamento mais intenso! Compartilhei tudinho, desde o pré-shampoo até a lavagem, o tratamento, a receitinha caseira que fiz e a finalização também. Se vocês gostam desse tipo de vídeo, cliquem bastante em Gostei e se inscrevam no canal para saberem sempre quando saem vídeos novos!

    agosto 7, 2019 // Comente

    Qual a diferença entre gel, gelatina e geleia capilar? Recebo muitas dúvidas de vocês em relação a esse assunto, especialmente em vídeos de penteado, quando uso primeiro o gel, depois uso a geleia, depois a gelatina. Ou então em vídeos de finalização, que uso de um jeito, e, na revitalização, que uso de outro… Então, achei legal trazer essa dúvida, explicar de uma maneira geral quais são as diferenças de cada um, mostrar como gosto de usá-los e resolver esse mistério de uma vez por todas!

    Gel

    O gel tem uma textura mais leve e, em especial esse gel de babosa da Tô de Cacho, ele possui uma proposta mais hidratante. Eu gosto de usá-lo na raiz do cabelo na hora de fazer um penteado, como o puff, pra deixar os fios mais alinhados.

    Gosto também de usar na revitalização do day after, aplicando o gel de forma geral no cabelo, porque ele realmente revitaliza o cabelo sem pesar, sem deixar com aspecto durinho. Uso bastante também o gel na finalização e, como esse tem uma proposta mais hidratante, conseguia utilizar só ele nesse processo!

    Geleia

    A geleia tem uma textura mais grudentinha e, em comparação com o gel, ela tem uma fixação ainda mais poderosa. Ela te permite modelar mais o cabelo, tanto que uso bastante pra fazer baby hair, porque ela consegue fixar melhor, a durabilidade é maior.

    Além disso, ela ajuda bastante na definição dos fios, além de dar mais brilho e deixar muito, muito macio! Tenho usado bastante no final da finalização, aplicando a geleia de maneira geral no cabelo e dando uma amassada para dar mais forma para os cachos.

    Gelatina

    Se você parar para perceber, a gelatina é o produto que mais vai encontrar por aí para cabelos cacheados, crespos e ondulados, e que mais tem variações. Essa, de transição capilar, é que eu mais tenho usado no momento, mas existem gelatinas para vários fins, como dar mais volume ao cabelo ou dar mais definição aos cachos. Já essa, de transição, pra mim, é a que mais modela, dá fixação e reduz o frizz. Então, entre o gel, a geleia e a gelatina, o produto que é mais poderoso é, com certeza, a gelatina!

    A gelatina é ótima pra fazer acabamento de penteado de festa, porque ela ajuda a deixar o penteado firme e bem feitinho durante muitas horas. Até mesmo para fazer um puff bem marcado e alinhado, é o melhor produto. A gelatina também é ideal para quando quero uma finalização bem estruturada, que renda vários day afters e, consequentemente, com menos volume. A textura dela é bem mais consistente e não dá esse efeito grudentinho da geleia.

    Muitas pessoas falam que a gelatina resseca os fios. O que acontece é que a maioria das gelatinas costumam ter componentes de reconstrução (como colágeno, por exemplo), deixando o cabelo com aspecto mais rígido. Então, se você tem usado apenas a gelatina e está sentindo o cabelo assim, mais rígido, com efeito ressecado, a sugestão é diminuir a frequência do uso da gelatina e/ou misturar com outros produtos, como o creme de pentear, que tem componentes mais emolientes.

    Um fato interessante sobre esses três produtos é que você pode usá-los tanto na finalização quanto no day after, além de poder usá-los também misturando com um creme de pentear. E aí você escolhe como preferir: se, primeiro, aplica o creme de pentear no cabelo e depois vem com o gel/geleia/gelatina, ou se você usa um potinho para misturar os dois produtos e aplicar ambos ao mesmo tempo nos cachos.

    Você já parou pra pensar qual deles é ideal pro seu cabelo? Testa e me conta aqui nos comentários qual é seu favorito!

    ©2018 - Apenas Ana - Todos os direitos reservados // Design por Sara Silva