• Looks inspiradores em tons pastel!

  • #VoltandoAosCachos: Jeniffer Oliveira

  • Como ter um bom DAY AFTER na transição capilar?

  • julho 12, 2019 // Comente

    Oi genteee! Mais uma sexta-feira de #VoltandoAosCachos com um depoimento lindo sobre transição capilar. Dessa vez, trouxe a história que a Lauriene Greyce me mandou por e-mail. Ela tem 36 anos e mora em São Paulo, capital. Espero que vocês gostem! E se você quiser mandar seu depoimento pra mim também, é só acessar essa página e ver como fazer. Quero muito conhecer a sua história!

    Oi Ana, tudo bem?!  Este ano estou completando 3 anos do meu BC. Um belo dia fui cortar meu cabelo e fazer escova, como de costume, minha amiga, se animou tanto que cortou bem curto meu cabelo, nós achávamos que ia ficar lindo e fácil de escovar e pranchar, só que não foi bem assim… Em casa depois que que lavei, fui escovar e pranchar e me deu muittooo trabalho, não conseguia passar a prancha de jeito nenhum e meu cabelo é volumoso e sem a prancha não durava nada, ai bateu o desespero. Comecei a chorar porque eu ia fica feia, na minha cabeça achava isso. Foi aonde comecei a procurar na internet cremes para cabelo cacheado e como ia fazer, foi onde te encontrei também rsrsr seus videos me ajudaram muito. Assisti vários vídeos para conseguir tomar a decisão de qual creme usar e como usar, ai começou minha saga kkkk porque eu não aceitava. Foi muito difícil, porque tive que aprender do zero, como cuidar e arrumar ele cacheado.

    Meu cabelo ficou bem rente a cabeça, os cachinhos ficaram bem pequenos, nunca tinha me visto assim antes, sempre alisei o cabelo, porque odiava o volume que ele tinha natural e não sabia cuidar. Meu cabelo é liso na raiz e cacheado do meio para as pontas e não entendia porque ele não ficava liso todo, teve uma época que vivi com ele preso em coque, sem soltar, só soltava quando fazia escova.Quando nova, eu queria ser igual as outras meninas lindas de cabelo liso, mas não conseguia… Durante todo o crescimento do meu cabelo, eu chorei quase todos os dias, porque me achava feia com aquele cabelo curto e enrolado, demorou quase um ano para eu começar a me aceitar assim.. 

    Meu marido me apoiou muito e minha amiga que cortou o cabelo também, foi um processo longo e difícil, porque a mudança teve que acontecer de dentro para fora. Aos poucos comecei a me achar linda e maravilhosa, aprendi como arrumar que creme meu cabelo se adapta melhor, a fazer penteados e até do volume, tando que hoje amo quando ele esta mega volumoso rsrsr É meio difícil conseguir volume porque minha raiz é lisa, mas arrumei um jeito kkk Não consigo mais deixar ele grande, corto sempre um pouco acima dos ombros e ele fica lindoooooo

    Através disso, eu me fortaleci por dentro, não ligo para que os outros falam do meu cabelo ou de mim, me tornei uma mulher mais bonita, de quando era nova, pois me aceitei! Hoje sou uma mulher mais decidida e me amoooo muitooo, me acho linda! Umas fotinhos para você ver. Parabéns pelo seu trabalho e sua vocação também! Sou católica também e acho muito bonito a forma como fala aos jovens. Na realidade acho que esse processo todo, me ajudou a me amadurecer na fé, porque Deus nos ama como somos e porque nós não nos amamos como deve ser!

    Você deve estar logado para postar um comentário.

    Instagram has returned invalid data.
    ©2018 - Apenas Ana - Todos os direitos reservados // Design por Sara Silva