29 de abril de 2016
/

A transição da Fran Bona – cabelo curto, cacheado e colorido!

ção
Hey pessoal, lembram de mim? Sou a Fran Bona, mas nA?o aquela Fran dos cabelos gigantes, super liso e colorido. Sou essa da imagem a cima, bem diferente do que vocês estavam costumados a ver por aqui, não Devo dizer que a explicação para tudo isso gera uma grande história, então senta que lá vem história!
Durante muito tempo o que me fazia feliz era meus cabelos gigantes, liso e colorido. Eu presava a “perfeição”, odiava frizz e não aceitava nenhum fiozinho fora do lugar! Nunca imaginei que um dia eu me desapegaria de minhas madeixas, até conhecer a história da Ana.
Tudo comeA�ou quando assisti um vA�deo onde a nossa Aninha contava um pouco sobre sua histA?ria capilar, no vA�deo ela mostrou o bc e o resultado do corte (VÍDEO). Esse vA�deo me emocionou demais, me identifiquei com muitas coisas ditas ali. Quando o vA�deo acabou, comecei refletir sobre tudo o que Ana havia dito, fui em direção ao espelho, me vi com um olhar diferente… O que tem de mim nesse reflexo? Tudo o que eu pensava era que aquele cabelo liso e os olhos azuis, passavam longe de quem eu era ali por trás, foi muito difícil, até porque eu nunca havia pensado dessa forma. Nesse momento resolvi me libertar de todos os padrões que eu mesma havia feito sobre mim, e logo decidi que queria meus cachos de volta. Nunca foi uma questão de beleza, mas sim de aceitação, me aceitar como eu realmente era.
Assim iniciei minha transiA�A?o capilar. NA?o digo que foi fA?cil, A� difA�cil lidar com mudanA�as! A TransiA�A?o A� um momento muito complicado, sA? passando por essa fase para saber o quanto isso meche com nossa autoestima. A� difA�cil lidar com duas texturas, a vontade de alisar e desistir de tudo A� muito grande! O que mais me deixou balanA�ada na transiA�A?o, A� que eu sabia que meu cabelo nA?o estava tA?o legal no momento, e sempre vinha alguA�m me lembrar de como meu cabelo era lindo liso. Me diziam para voltar com o liso, mas eu resisti e persisti, fiquei o mA?ximo que consegui longe de todos os objetos de calor para os cabelos.
No
inA�cio a ideia era retirar a parte lisa quando meus cabelos estivessem mais ou
menos na altura do ombro. EntA?o, fiz vA?rias texturizaA�A�es para tentar igualar
as texturas, isso por mais ou menos quatro meses. AtA� que chegou um dia que
cansei das duas texturas e nA?o queria mais fazer texturizaA�A?o, a A?nica saA�da
seria o bc, oh meu Deus, nunca me imaginei de cabelo curtinho, muito menos
cacheado. Confesso que chorei litros antes de tomar essa decisA?o, vi vA?rios
vA�deos de bc no youtube, procurei vA?rias cacheadas coloridas, atA� que me deu a
louca e resolvi cortar somente a parte de baixo do cabelo para ver como era a
forma de meus cachos (eu nA?o me lembrava da definiA�A?o deles). Logo de cara me
apaixonei por meus cachinhos, a vontade de cortar ficou ainda maior! No dia
seguinte fui ao salA?o com minha mA?e, nA?s duas cortamos os cabelos.
O primeiro corte foi um pouquinho a cima do ombro, nA?o retirei toda a parte lisa. Portanto ainda nA?o estava satisfeita, queria me livrar de uma vez do liso! Passou-se uma semana, fiz meu bc.
O bc foi a melhor coisa que fiz na minha
vida, a sensaA�A?o de liberdade A� inexplicA?vel! Fico pensando o por que demorei
tanto para retirar o liso, estou me sentindo maravilhosa. A transiA�A?o foi
sofrida sim, mas consegui chegar onde queria, me sinto A?tima! O mais incrA�vel A�
que essa metamorfose nA?o aconteceu somente nos meus cabelos, mas sim no meu
ser, o antigo estA? diferente, estA? novo! Eu me libertei, mudei meu jeito de
vestir, falar, e atA� mesmo pensar. Por isso digo que nA?o A� somente uma questA?o
de beleza, mas sim de personalidade!
Se vocA? estA? pensando em desistir da sua
transiA�A?o capilar, pense mais a respeito! SerA? que desistir A� o melhor a fazer?
Eu sei que A� difA�cil, que muitas pessoas nA?o entendem sua decisA?o e acabam te
criticando. Mas saiba que depois do seu bc, essas mesmas pessoas muito
provavelmente serA?o as primeiras a dizer que seu cabelo estA? maravilhoso! Ao
meu ver, a aprovaA�A?o das pessoas nA?o tem muita importA?ncia, o que realmente
importa A� como vocA? vai se sentir. EntA?o garota, siga seu coraA�A?o, faA�a o que A�
melhor para vocA?, pois sA? vocA? sabe o que te faz feliz.
NA?o importa o que fizeram com vocA?, o que
importa A� o que vocA? fez com aquilo que fizeram com vocA?.”
Jean Paul Sartre
_________________________________
VocA?s podem me encontrar em minhas redes sociais:

Leia também...
Deixe seu Comentário
Você deve estar logado para comentar.