• Minha rotina de cuidados com a pele | #AnaTodoDia 27

  • Um papo sobre cabelo curto cacheado/crespo | #AnaTodoDia 26

  • Autoaceitação: qual é o seu conflito interno? | #AnaTodoDia 25

  • fevereiro 20, 2016 ----------- Beleza Comportamento
    Dia desses me perguntaram quando eu decidi me aceitar do jeito que eu sou. Respondi com sinceridade. E desde então. fiquei com essa pergunta na cabeça. Não consigo parar de refletir sobre. Quando é, de fato, que consegui me aceitar do jeitinho que sou?
    Quando minha mãe me contou que as pessoas não vão gostar ou não gostar de mim por causa do meu cabelo, e sim pelo que tenho no meu coração. E que ninguém é perfeito. Todo mundo – mesmo – tem algo em si que desejava que fosse “melhor”, mas nem por isso, devemos deixar de sorrir.
    Quando aprendi que não devemos cultivar somente as coisas que se renovam o tempo inteiro, tipo unha e cabelo, pois essas podemos cortar e irão crescer naturalmente, sem problema. Devemos cultivar pessoas, sentimentos, momentos, lembranças boas… E cuidar para que elas não se “cortem” por motivos bobos.
    Quando coloquei as críticas maldosas no mudo e aumentei o volume dos elogios de quem queria meu bem. Existem pessoas que se sentem incomodadas com a nossa coragem. Mas não devemos nos acomodar nisso. Quebre os padrões, sem medo.
    Quando ouvi que eu não era capaz, que eu não conseguiria alcançar meus sonhos. Se alguém já te disse isso, essa pessoa mentiu pra você. A única pessoa que decide se somos capazes ou não, somos nós mesmos. Decidi não parar no “você não consegue” para provar que sim, eu consigo. Nós conseguimos.
    Quando eu entendi que, não importa o que eu faço com o meu cabelo. A questão não é se eu passo chapinha ou assumo o natural. A questão é: “porquê eu faço isso?” Por que eu me sinto bem assim, ou por que eu quero ser aceita pela sociedade? 
    Eu decidi me aceitar quando olhei pra dentro de mim. Quando Deus me falou que Ele e eu somos iguais, fazendo com que eu me sentisse amada. Quando percebi que não havia ninguém como eu no mundo. E que a escolha de me amar depende só de mim. Me aceitar é ser livre. É compreender que não devo ser o que os outros querem que eu seja. E sim ser a melhor pessoa que eu puder. Por mim.
    Fotos: Lucas França (@quasefrances)
    Maquiagem: Ateliê D’art – Priscila (@ateliedart)
    julho 16, 2015 ----------- Comportamento Vídeos
    Oi gente! Fui indicada pela Yuli e Maju pra responder a TAG Autoestima. São dez perguntinhas muito legais, conversei com vocês sobre autoconfiança, sobre relacionamentos, sobre a postura da mulher, etc. Cliquem no play:
    1- Você acha que homem prefere mulher de cabelo liso? Mudaria seu cabelo por causa deles ou assumiria o natural? 
    2- Você se preocupa com a imagem que passa para outras pessoas?
    3- Seu namorado gosta de esmalte claro e você ama esmalte escuro, deixaria de usar por causa dele?
    4- Você faz as coisas para impressionar as pessoas ou apenas o que te faz feliz?
    5- Hoje em dia os homens preferem mesmo as mulheres independentes, ou no fundo buscam mulheres que dependam de certa forma um pouco deles?
    6- Você acha certo julgar por aparência? Usar roupa curta muda o caráter da mulher?
    7- Você prefere usar um salto e sentir-se poderosa ou se garante com sapatilha?
    8- Usaria um batom de cor vibrante ou um nude no primeiro encontro?
    9- O que significa autoestima pra você?
    10- Escolha cinco amigas para responder essa tag.
    Gostou? Então se inscreve aí 😉
    abril 25, 2015 ----------- Comportamento Outros

    Oi pessoal! Aqui é a Stephanie (ou Ste, haha) e hoje eu vim falar sobre como superar a timidez! Sempre fui uma pessoa muito tímida, do tipo que tem vergonha até de dar bom dia ou olhar diretamente nos olhos das pessoas. A timidez um tempo atrás era uma barreira em minha vida, me impedia de fazer e ser o que queria, e por causa disso as pessoas acabavam criando uma certa imagem totalmente diferente de mim. Com o tempo fui aprendendo a lidar com isso e hoje já consegui superar! Então vim dar algumas dicas para os tímidos, de como superar ou ir praticando sua segurança. Vamo lá?

    Pare de se comparar: A timidez é nada mais do que insegurança, você se sente inferior e isso te impede de exercer qualquer atividade, até mesmo puxar papo com qualquer pessoa na fila do ônibus. A comparação muitas das vezes faz você se sentir assim, quanto mais você pensar que fulano faz melhor que você, que ciclano é mais bonito ou tem uma vida melhor que a sua, mais inferior você irá se sentir, colocando todos a sua frente e se dizendo ser insignificante. Então levante a cabeça, reúna todas as melhores coisas que sabe fazer, ou até mesmo tudo aquilo que gosta em você, ande firme, não tenha medo das pessoas, pois todos somos iguais, enfrentamos problemas, nos sentimos incapazes ou até mesmo enfrentamos dias no qual estamos super seguros de si.

    Não tenha vergonha de quem você é: Não tenha vergonha dos seus sonhos, das roupas que veste, das musicas que ouve, do bairro onde mora, da sua classe social, por ter o cabelo crespo, por ser gordinho, por ser muito magro, por ter o nariz grande, o que for… Eu por exemplo já tive muitas espinhas por todo o rosto, eram grandes, vermelhas e feias, algo que maquiagem alguma tampava. Me odiava por ter tantas espinhas, me sentia muito diferente das pessoas no qual convivia, achava que todos tinham peles lindas e somente eu que parecia um chokito. Tinha vergonha de falar com as pessoas cara a cara, por medo de olharem e repararem demais esse meu defeito, evitava conversar com elas e ser o centro das atenções. Quando finalmente resolvi esse meu problema, hoje vejo que nem era tudo isso, que todos tem espinhas, ainda mais na adolescência, que ninguém se importa tanto por fulano ter espinhas demais ou não, pois não são elas que irão definir minha personalidade, ninguém irá deixar de gostar de mim ou irá deixar de ser meu amigo pelas minhas espinhas, nem classe social, minhas roupas, meus sonhos e etc.

    Pare de se importar com a opinião alheia: Pare de tentar agradar a todos, não se esforce tanto para ser alguém que não é só para se encaixar em um grupo ou conquistar alguém. Avite se preocupar tanto em agradar as pessoas, perguntando a todo tempo se tudo o que fizer esta bom o suficiente para agrada-los. Evite perguntar da sua roupa e deixar de usa-la pois determinadas pessoas não gostaram, não deixe de fazer algo por medo das criticas, cada um tem seu estilo e preferencias, tenha personalidade e atitude de usar o que bem quiser e fazer o que tem vontade, as pessoas admiram pessoas corajosas e com opinião própria, então não seja reprimido.
    Faça atividades: Além de praticar as dicas acima, vale você fazer outras atividades que possam te ajudar a perder essa insegurança, como por exemplo, um curso de teatro, frequente lugares diferentes no qual você possa fazer novas amizades, vá atras de cursos e aulas que te interessam para que você possa se interagir com pessoas no qual tem o mesmo interesse que você.
    Bom, então é isso pessoal, eu espero ter ajudado vocês com essas dicas, pois elas funcionaram super bem comigo. Também fiz um vídeo dando outras dicas e falando um pouco mais sobre o assunto, vale a pena ver!
    Deixem sugestões aqui em baixo para os próximos posts! Beijos e até mais!
    janeiro 4, 2015 ----------- Comportamento Vídeos
    Hoje eu não vim falar de cachos, não vim responder nenhuma tag, não vou mostrar nenhum tutorial de maquiagem… E sim falar de assunto muito importante: autoconfiança! Você confia em você? Você se acha suficiente pra realizar seus sonhos, metas e projetos? Quantas vezes você se olha no espelho e não se sente bonita? O que os outros te falam realmente influenciam nas suas atitudes? Autoconfiança é um termo relacionado à autoestima e autoaceitação, por isso acho muito importante a gente começar 2015 conversando sobre isso. Clica no play:
    Se você tiver gostado do vídeo, inscrevam-se lá no canal, cliquem em gostei, deixem um comentário, e principalmente: mandem o link pra um amigo! Se o que eu disse te ajudou, pode ajudar outra pessoa também, sei lá! ♥
    Ah, gente, e sim, eu voltei pro outro canal! Deixei os probleminhas de lado, tô tentando resolver as coisas, e agora vocês vão me acompanhar por aquela mesma url de sempre: www.youtube.com/user/analidialopes. Ufa, de volta pra casa!

    Bom amores, é isso, espero que vocês tenham gostado do vídeo! Agora, vem com tudo 2015! Quero gravar mais e mais vídeos, e trazer o máximo de posts com qualidade que eu puder! Vocês merecem, obrigada por me acompanharem! ♥

    Apenas Ana (C) 2017 DESIGN POR SARA SILVA