• #VoltandoAosCachos: Bélit Araújo

  • Penteados incríveis para te inspirar na volta às aulas

  • #VoltandoAosCachos: Fernanda Hosane Gonçalves

  • janeiro 19, 2018 ----------- Voltando Aos Cachos

    Oi genteee! Sexta-feira é dia do quê mesmo? De post #VoltandoAosCachos! 😀 Esse cantinho é todo de vocês, para compartilharem suas histórias, seus conhecimentos e seus pensamentos. Hoje, a Bélit Araújo veio dar seu depoimento sobre a sua transição. Espero que vocês gostem e também se identifiquem!

    E se você quiser mandar seu depoimento pra mim também, é só acessar essa página e ver como fazer. Quero muito conhecer a sua história!

     

    Bom, pra você entender melhor como eu fiz isso, devo te falar um pouco da minha história com meu cabelo. Eu alisei meu cabelo, a primeira vez, aos 14 anos por pressão psicológica. Eu me achei a diva (gatona do rolê kkkk). Desde então, a cada 6 meses eu repetia o processo de alisamento químico e todos os dias eu “pranchava” porque a raiz insistia em aparecer toda cacheadinha (abusada né? kkk). 

     

     

    Quando fiz 23 anos decidi parar com aquilo, já estava exausta de passar o dia em frente ao espelho queimando meu cabelo ou negar ir na piscina com os amigos, mas não tinha ninguém pra me falar como eu deveria cuidar do meu cabelo, nem se meu cabelo iria voltar, aliás, eu nem lembrava de como era meu cabelo.

    Na época eu pesquisei muito sobre isso, tentei achar alguém pra me ensinar sobre cabelo cacheado. Foi então que descobri que a primeira coisa que eu tinha que fazer era cuidar do meu cabelo, fazer muita hidratação, seguir um cronograma capilar pra deixa-lo forte, saudável e grande. Sim, grande! Ele deveria crescer até onde eu quisesse cortar, e foi isso que fiz. Quando a parte cacheada cresceu até os ombros eu cortei o máximo que pude, para tentar tirar a parte lisa. Depois descobri que isso se chama BC (big chop = grande corte). Essa foi a segunda coisa que fiz!

     

     

    Depois do BC os cachos foram aparecendo e tomando forma, mas ainda tinha algumas partes lisas e sem forma, algumas partes ressecadas e sem vida também eram visíveis. Percebi que os cuidados que eu tive na transição deveriam permanecer, então continuei com o cronograma capilar e associei a massagens no couro cabeludo (usei essa técnica também na transição), isso ajudou na circulação sanguínea e fez meu cabelo crescer mais rápido. Cuidei muito bem da minha franja com umectação, pois ela ainda estava muito fragilizada.

    Com todos esses cuidados e sempre cortando bem, o cabelo foi crescendo saudável e os cachos tomando sua forma. Hoje eu não me vejo mais de cabelo liso, essa é minha raiz, eu sou cacheada e amo meus cachos!

    O que é autoestima pra você? É ter o poder se sentir livre para ser feliz e inspirar outros (as).

    O que mudou na sua vida depois que você se aceitou? Tudo! Posso dizer que agora tenho a minha própria identidade e não vivo mais sobre pressão da sociedade e de mim mesma. Sou livre e feliz!

    janeiro 17, 2018 ----------- Beleza

     

    As aulas estão quaaaase começando, e nessa época sempre rola aquela dúvida sobre o que fazer com o cabelo para não aparecer com a mesma carinha de sempre na escola. Por isso, trouxe algumas ideias de penteados para você testar em casa e sair arrasando não só na volta às aulas, mas em todos os momentos! <3

     

     

    O primeiro penteado para inspirar vocês é o half bun, que é basicamente um coque despojado no topo da cabeça feito com apenas uma parte do cabelo, deixando a outra parte solta e bem volumosa. Lá no canal tem um vídeo de passo a passo dele, olha só. 😉 O segundo é um coque simples, daqueles que a gente sempre faz quando o cabelo acordou de mau humor.

    O space bun é a nossa terceira inspiração: dois coques ou duas marias chiquinhas, um de cada lado da cabeça. Para ficarem mais despojados, vale bagunçar um pouquinho depois de prontos. O quarto é o nosso queridinho preso na lateral. Bem prático e rapidinho de fazer, ó!

     

     

    O primeiro penteado da foto de cima é um moicano super estiloso. Se fazer as trancinhas nas laterais é muito complicado, você pode tentar fazer apenas com grampos de cabelo mesmo! No canal já tem vídeo com passo a passo, viu? 😉 O coque bem bagunçadinho com bandana e franja é a segunda sugestão. Aqui no blog, já demos um monte de ideias para você usar a bandana no seu dia a dia, vale a pena dar uma olhada e se inspirar.

    O terceiro é um rabo de cavalo baixo, deixando a raiz mais lambida, hahah. Ele também é bem tranquilo de fazer (vem ver como aqui!) e combina demais com a volta às aulas. O último não tem segredo e foi feito para quem tem cabelo mais longo: uma trança lateral com o cabelo bem pregado na raiz. Mas o charme do penteado tá ali nos grampos! Você pode escolher cores diferentes do seu cabelo ou até mesmo coloridas para dar um up a mais no penteado. <3

    E aproveita que tem muuuuitos vídeos de penteados incríveis lá no canal, olha só:

    – 8 PENTEADOS P/ VOLTA ÀS AULAS
    – Penteados fáceis e estilosos para cabelos crespos/cacheados
    – 5 PENTEADOS PRO DAY AFTER feat. cacheadas!
    – PENTEADOS ESTILOSOS PRO VERÃO
    – PENTEADOS ROMÂNTICOS pra PRIMAVERA/VERÃO!
    – COQUE PRA CABELO CRESPO CACHEADO

    janeiro 12, 2018 ----------- Voltando Aos Cachos

    Oi genteeee! A Fernanda Hosane Gonçalves mora em Londrina, no Paraná, tem 24 anos e hoje é ela que compartilha um pouco da sua história. Ela foi super corajosa e fez ela mesma o big chop em casa, antes de ir trabalhar! Maravilhosa, né? Vem ver como ficou essa transformação linda da Fernanda. <3

    E se você quiser mandar seu depoimento pra mim também, é só acessar essa página e ver como fazer. Quero muito conhecer a sua história!

     

    Comecei a realizar procedimentos químicos desde muito nova, de início apenas para “soltar os cachos” pois queria deixar os cabelos soltos, porém minha mãe não sabia como cuidar. Com o passar do tempo veio o relaxamento, progressiva, definitiva… Aproximadamente em outubro/novembro de 2014 eu comecei a me questionar sobre o que estava fazendo com o meu cabelo. Mesmo assim, em dezembro do mesmo ano realizei ainda a minha última progressiva.

     

     

    Uma semana depois disso resolvi que não iria mais alisar o meu cabelo e então comecei sem saber a minha transição capilar. Comecei a pesquisar sobre o assunto e então conheci o canal da Ana Lídia. Passava horas vendo os vídeos e me imaginando com os cabelos cacheados. Em agosto de 2015 coloquei mega hair cacheado e isto já foi uma realização e tanto! Porém fiquei com ele somente até janeiro de 2016, mais precisamente dia 19.

     

     

    Então, no dia 20 de janeiro de 2016 antes de ir para o trabalho, eu mesma fiz o meu big chop e foi a melhor escolha! O sentimento de liberdade a alegria sem fim foram inexplicáveis. Não me importava com o comprimento do meu cabelo, estava feliz em estar com ele natural e nada mais me afetava. Hoje amo o meu cabelo incondicionalmente e não me imagino mais alisando-o. Amo cuidar dele, amo o que ele representa para mim e orgulho-me de ter conseguido passar pela transição por mais difícil que tenha sido! 

     

     

    O que é autoestima para você? Autoestima para mim é se amar. Não somente a sua aparência, os aspectos positivos mas cada defeito seu, cada detalhe do seu corpo que você não gosta, pois eles fazem parte de quem você é. Mas também é amar quem você é internamente, a sua personalidade. Autoestima é se aceitar, pois você é único e Deus te criou assim porque te ama!

    O que mudou na sua vida depois que você se aceitou? Tudo. se aceitar não muda apenas a forma com você usa o seu cabelo. Muda a forma com que você se veste, se comporta, a forma com que você passa a ver o mundo e as pessoas. Você passa a ver a vida e as coisas com mais leveza e simplicidade e a dar valor àquilo que realmente importa. 

    janeiro 10, 2018 ----------- Decoração

     

    A gente começa um ano novo com toda a energia pra fazer várias mudanças na nossa vida, né? No cabelo, no armário, na casa… E hoje eu trouxe várias dicas para você fazer uma super transformação no seu quarto, deixando tudo mais organizado e fácil de encontrar. Assim, gastamos mais tempo com coisas bem mais úteis do que encontrar aquela blusa preta que está embolada junto com outras no fundo do armário. Espero que gostem e, se tiverem mais dicas, comentem aqui no post! 😀

     

     

    Que tal começarmos com o armário? Se você tiver um espacinho no seu guarda-roupa, fica a dica: essa é uma ótima maneira de organizar as suas bolsas. Dessa maneira, elas não deformam e estão sempre à vista e à mão para quando você precisar. Dá também para comprar cabides de cores diferentes e criar setores nas roupas para ficar mais fácil de localizar. Por exemplo: cabides azuis para casacos, cabides roxos para clusas e cabides rosas para calças. Demais, né?

     

     

    Se você quiser que seus sutiãs durem bastante, essa é a melhor maneira de guardá-los: abertos um na frente do outro. Dobrar ou amassar o bojo pode danificar e diminuir bastaaaante a vida útil deles. Quanto às calcinhas, você pode dobrar em formato de triângulo e colocar em fileira, uma atrás da outra. Pros cachecois e lenços não ficarem embolados em algum canto do guarda-roupa, coloque todos eles pendurados em cabides dentro do armário. 😉

     

     

    Olha que boa ideia! Usando um cabide de madeira, você pode colocar esses ganchinhos para pendurar seus colares. Assim, evita que eles embolem e você precise ficar desenrolando um a um na hora de usar. E, se você tem muuuuitos óculos, a dica é aproveitar uma moldura da cor de quiser e colocar fios de arame para pendurar os óculos. Eles ficam à mão e ainda fazem parte da decoração do seu quarto!

     

     

    Nas gavetas, a melhor ideia é investir nesses nichos. Você pode comprar caixinhas de presente, tirar a tampa e organizar as pequenas coisas. Tanto seus acessórios quanto seus itens de escola e papelaria. É legal que essas caixinhas sejam da mesma cor para não bagunçar a gaveta visualmente e ficar mais simples de encontrar os itens que colocar dentro delas, viu?

     

     

    Você também ama cadernos e itens de papelaria? As cestinhas de arame organizam direitinho todos eles e ainda dão um visual muito legal pra estante! E, pra não embolar ou perder os fios do seu computador/celular por aí, você pode usar esses clipes na borda da sua mesa e separar cada um.

     

     

    Num mundo ideal, todas nós teríamos nossas maquiagens super organizadas igual à primeira foto, né? Várias caixinhas e organizadores de acrílico para batons, sombras, bases… Maaaaas já conseguimos fazer alguma coisa interessante com poucos itens. Além das gavetinhas de acrílico, escolha copos bonitos para colocar os pincéis e lápis, por exemplo. Ali, ainda dá para colocar alguns livros que combinem com a decoração e deixá-la ainda mais linda!

    Apenas Ana (C) 2017 DESIGN POR SARA SILVA