• #VoltandoAosCachos: Loraine Carvalho Ramos

  • Decorando o quarto com araras de roupa

  • Eu me comparo com outras pessoas?

  • novembro 3, 2017 ----------- Voltando Aos Cachos

    Oi genteeee! Hoje eu trouxe o depoimento que a Pâmela de Almeida Santana mandou pra mim por e-mail. Ela tem 30 anos e mora em Jundiaí, São Paulo. A Pâmela compartilhou a história da sua transição capilar e o resultado é incrível! Espero que vocês gostem! 😀

     

     

    É semelhante a de tantas outras histórias…. acredito que por falta de informação e produtos de qualidade, desde de criança meu cabelo vivia todo bagunçado, preso, ressecado, sem brilho e sem vida, até que minha mãe arrumou uma “solução”, aos 7 anos já começou a passar química no meu cabelo. Na época eu achei o máximo, finalmente meu cabelo balançava, estava “liso” como das minhas amigas da escola…. (que ilusão).

     

     

    A partir daí não parei mais, foram inúmeros relaxamentos, permanente afro, progressivas, chapinha, muitos cortes e cores, sem contar os gastos. Mas eu nunca me senti realmente bonita ou satisfeita com a minha aparência. E quando ia na piscina ou praia aí era pior ainda, não tinha o que fazer que ficasse bonito. Eu também não tinha o hábito de cuidar do cabelo com hidratação, nutrição ou restauração, por isso sempre tinha que cortar o cabelo.

     

    Enfim, até que em dezembro de 2013 fui viajar pra Minas e passei muito calor, fazia 1 mês que tinha feito progressiva, mas não conseguia fazer escova e chapinha por causa do calor e meu cabelo ficou horrível. Foi aí que eu me revoltei com as químicas. E comecei a pesquisar na internet sobre cabelos cacheados, e encontrei vc Ana. Eu estava com 27 anos e vc sendo tão jovem foi tão corajosa de assumir o seu cabelo, cortar curtinho, eu pensei: eu também vou conseguir!

     

     

    Não foi nada fácil, fora meu marido, mãe e irmã, ninguém mais me apoiou. Eu ouvia muitas críticas, coisas que me deixavam pra baixo mesmo, mas aí eu corria na internet e me inspirava de novo. Após 6 meses sem química, fiz o big chop dia 7 de maio de 2014. Tive muita vontade de chorar na hora, mas quando eu passei o creme e vi ele todo cacheado fiquei mega feliz. Ainda assim continuei ouvindo muitas críticas, mas algo mudou dentro de mim, eu já não ligava mais, me sentia linda como nunca antes, me sentia tão eu.

     

     

    Agora já se passou quase 2 anos, muita coisa mudou  em mim por dentro e por fora, tenho 2 filhos, um de 4 anos e uma menina de 9 meses (que já está com cachinhos), quero muito que eles se orgulhem de mim como mãe, como mulher, principalmente a minha menina Manuela que terá seus próprios cachinhos. Hoje me cuido muuuuuuuuito mais, do cabelo, do corpo e da mente. E todas aquelas críticas???? Se transformaram em inúmeros elogios de amigos, parentes e desconhecidos, não só pro cabelo, mas pela coragem e determinação, e tenho muito orgulho disso.

     

    Sou muito mais feliz e me sinto realmente linda. Autoestima pra mim é me cuidar, me amar, me aceitar como Deus me fez. Obrigado Ana pelos seus vídeos, foram e ainda são muito importantes e inspiradores pra mim. Além de tudo isso, minha irmã, minha mãe e mais algumas amigas resolveram assumir seus cachos também. Algumas fizeram o bc agora ou estão em transição. <3

     

    E se você quiser mandar seu depoimento pra mim também, é só acessar essa página e ver como fazer. Quero muito conhecer a sua história!
    1. APARECIDA NASCIMENTO nov 07, 2017

      Fico impressionada com as mudanças! E sei que as internas são as maiores!
      Linda a Pâmela <3

      Bjs

    Apenas Ana (C) 2017 DESIGN POR SARA SILVA