• Make: testando produtos novos

  • #VoltandoAosCachos: Sara Regina da Silva Godoy

  • Tour pelo meu quarto ATUALIZADO!

  • outubro 13, 2017 // 1 Comentário

    Hoje separei a histA?ria inspiradora da Rayssa Gomes para vocA?s conhecerem. Rayssa tem 18 anos e mora em Belo Horizonte, Minas Gerais, e foi ela mesma quem fez o seu BC, acreditam? Vem ver que depoimentoA�incrA�vel e que mudanA�a mais linda a da Rayssa! Aposto que vocA?s vA?o se identificar bastante. E vocA?s ainda podem seguir no Instagram aqui: @raygomesr. <3

     

     

    Bom, vamos comeA�ar pelo meu perA�odo de infA?ncia: eu era uma menina muito insegura, que nA?o se sentia satisfeita consigo mesma, eu atA� gostava dos meus cachos mas odiava o volume e nA?o sabia como cuidar do meu cabelo. Eu RARAMENTE usava o cabelo solto, porquA? sentia vergonha e achava que meu cabelo tinha que estar sempre “domado”. Nunca tive uma referA?ncia, queria ter o cabelo liso, sempre via minha mA?e, irmA? mais velha e tias alisando seus cabelos, por isso era meu sonho poder fazer o mesmo. Quando eu completei 15 anos, fiz minha primeira escova progressiva (eu queria tanto isso que foi o meu presente de aniversA?rio). Fiquei muito feliz no comeA�o, eu achava que aquilo resolveria todos os meus problemas, mas nA?o foi bem assim. Com o passar do tempo meu cabelo foi ficando cada vez mais danificado (eu fazia chapinha toda semana em casa mas nA?o fazia sequer uma hidrataA�A?o), cheguei inclusive a fazer a progressiva outra vez.

     

     

    Depois de uns 2 anos nesse processo, eu fui me cansando daquilo tudo, nA?o estava mais satisfeita com o meu cabelo e comecei a sentir falta dos meus cachos. Cheguei a chorar muitas vezes, por achar que nunca teria meu cabelo de volta. Foi quando eu comecei a assistir algumas cacheadas no youtube (principalmente a Rayza NicA?cio), que eu descobri como cuidar de um cabelo cacheado e que era possA�vel sim voltar ao natural atravA�s da transiA�A?o capilar. Mesmo sem saber direito o que eu tava fazendo (rs), eu decidi nA?o fazer mais progressiva. O plano era continuar fazendo sA? chapinha atA� o meu cabelo natural crescer e eu poder cortar a parte lisa, (fiz algumas texturizaA�A?o tambA�m e usei muito o cabelo preso nesse perA�odo), mas com o tempo eu fui ficando sem paciA?ncia com aquelas duas texturas no cabelo, e no dia 13 de fevereiro de 2016 eu fiz o Big Chop (simplesmente entrei no banheiro de casa com uma tesoura na mA?o, molhei o cabelo e fui cortando tudo que tava esticado, kkk). Hoje jA? faz mais de 1 ano e nA?o me arrependo nem um segundo do que fiz.A�

     

     

    O que A� autoestima pra vocA?? Autoestima pra mim A� se sentir bem com quem vocA? A�, se aceitar e saber que a beleza do outro nA?o interfere na sua.

    O que mudou na sua vida depois que vocA? se aceitou? Absolutamente tudo muda! Aceitar o cabelo para muitos pode nA?o significar nada, mas para mim A� uma questA?o de identidade! Eu posso dizer que foi uma das melhores coisas que jA? aconteceram na minha vida. O aprendizado A� diA?rio, sabe? Depois que vocA? aceita o seu cabelo, vocA? passa a aceitar quem VOCAS A�. E as outras pessoas tambA�m. A� um exercA�cio de amor prA?prio. A� saber que cada detalhe seu, cada caracterA�stica sua, faz parte de vocA? e isso nA?o deve ser mudado. Eu me sinto muito mais segura hoje, alA�m de me sentir muito mais A� vontade para experimentar coisas novas (no estilo, na maneira de se vestir, acessA?rios, etc), coisas que eu nunca imaginei usar ou gostar antes, agora eu gosto e uso!

    Ps: Ana, vocA? A� incrA�vel!

     

    E se vocA? quiser mandar seu depoimento pra mim tambA�m, A� sA?A�acessar essa pA?ginaA�e ver como fazer. Quero muito conhecer a sua histA?ria!

    1. APARECIDA NASCIMENTO out 23, 2017

      Amo histórias de transição capilar! <3
      A Rayssa ficou ainda mais linda!

    ©2018 - Apenas Ana - Todos os direitos reservados // Design por Sara Silva